É o eterno dilema: ser original demais para o mercado e vender pouco ou se adequar ao máximo a ele correndo o risco de perder sua identidade?   Falando assim, parece que não tem saída, não é? Mas abrir um escritório e criar uma marca não…