Você já se pegou se perguntando por que a identidade visual do seu escritório é importante? Por que investir em algo que, à uma primeira olhada, é pura estética? A resposta pra essa questão é simples: por que a identidade visual é tudo, menos só estética.

Atuando em todos os níveis do seu processo de vendas – desde a captação do cliente até o contrato fechado – a identidade visual é um investimento pequeno e que traz muitos resultados, ainda que eles não possam ser medidos em números.

É sobre isso que a gente vai falar no artigo de hoje, do grau de importância que uma identidade visual bem definida tem. Que tal vir com a gente?
 

A identidade visual é muito mais que estética

Sério, identidade visual e estética são duas coisas completamente diferentes. Isso porque a estética pressupõe que o objeto que a carrega é bonito simplesmente por ser. A identidade visual tem um objetivo bem definido: ser cativante aos olhos.

Ela realmente é feita pra ser bonita, mas essa é apenas uma das suas características. Representando visualmente todo o processo de conceituação da marca, também chamado de branding, a identidade visual trabalha firmando a presença do seu escritório no mundo.

Como captar mais clientes se você não tem um rosto? Fica difícil, não é? E como mantê-los vindo se a cada três meses seu rosto mudou? Também é complicado, já que fica sem bases de comparação.

A identidade visual serve para muito mais do que estética: sua finalidade principal é a transmissão dos ideais da sua empresa.
 

Com a identidade visual, se comunicar fica mais fácil

Imagine sua rotina de marketing e de comunicações em geral. Você precisa criar peças para divulgação no Facebook, criar e-mails para captação de clientes, imprimir contratos, criar propostas e elaborar documentos de andamento do projeto.

Agora imagine tudo isso sendo feito sem nenhum tipo de guia. As imagens para o Facebook ficam sempre de um jeito diferente, seus e-mails se tornam cada vez menos efetivos e seus documentos correm o risco de não chamar a atenção ou parecerem profissionais.

Tudo isso é sanado com a identidade visual do seu escritório. Criando uma padronização, o processo de elaboração de peças para comunicação se torna cada vez mais fácil e rápido. É só deixar um arquivo aberto e ir alterando para cada finalidade. Algo que iria demorar e precisaria passar pela mão de um designer subitamente pode ser feito por qualquer um!

 

A identidade visual reforça o seu posicionamento

Com a ascensão cada vez mais proeminente da internet nas nossas vidas, ter uma identidade visual te torna mais assertivo em tudo o que você for fazer, reforçando o posicionamento da sua marca e transmitindo o seu potencial.

Sem correr o risco de parecer amador demais, o seu escritório consegue dizer a que veio só com a maneira com que suas imagens e documentos se apresentam.

Sua postura exterior, quando conversa com a padronização dos seus esforços em comunicação, se torna mais reforçada e simples de entender pelos seus futuros clientes.
 

Vendendo com estilo

Como nós dissemos, a identidade visual é muito mais do que estética, mas ela ainda está presente e fala alto na captação de clientes e no processo de vendas.

Isso porque apresentar propostas bem configuradas e seguindo uma identidade previamente imaginada transmite maior profissionalismo e impressiona seus prospects. É muito diferente encarar um documento bonito, bem feito, com cores e elementos que referenciam a marca do que um básico, só com letras e números.

Na hora de vender, toda ajuda é pouca. A identidade visual serve como um apoio não dito na argumentação com os seus clientes, sendo uma ótima maneira de encantá-los com os seus negócios e de surpreendê-los.

Vender é um processo lento, que envolve um monte de variáveis. Quanto mais delas ao seu favor você tiver, melhor!

A identidade visual não deve ser ignorada de nenhuma maneira, e deve sempre caminhar com o trabalho de branding do seu escritório de arquitetura.

No próximo artigo, falamos um pouco mais sobre o que é a conceituação da marca e pra que ela serve. Que tal a gente continuar essa conversa? Então vamos que nós ainda temos muito para dizer e te transmitir! Até a próxima!