A pergunta que todo mundo que vai começar um negócio se faz é sempre a mesma: “como criar uma marca?”.

É claro que ela não é a única pergunta a se fazer na hora de abrir um novo escritório, mas ela sempre é repetida por milhares e milhares de empreendedores pelo país. A resposta é mais simples do que você imagina, mas que também tem as suas complexidades.

Ficou confuso? Pareceu contraditório? Mas é assim mesmo. Como criar uma marca é um trabalho analítico e criativo, a simplicidade se esbarra no complexo na sua elaboração. Não é só inspiração, é um pouco de expiração também.

Você vive se perguntando como criar uma marca? Este artigo vai trazer luz à questão. Continue a leitura para saber mais!

Para saber como criar uma marca, entenda o que é uma marca

A American Marketing Association, órgão que define muito do que entendemos como marketing e publicidade hoje em dia, define marca como “um nome, um termo, um sinal, um desenho, ou uma combinação destes elementos, com vista a identificar os produtos e serviços de uma empresa e a diferenciá-la dos concorrentes”.

Olhando por aí, qualquer coisa é uma marca. Porém, o trabalho de criar uma marca vai um pouco além disso. Na verdade, a marca é mais do que simplesmente um esforço de diferenciação de empresas, ela é um atestado ideológico do que a sua empresa acredita.

Designer criando

A marca transmite a experiência que o seu cliente espera ter com os seus serviços, o estilo da sua empresa e como ela se coloca no mundo. Pense na Coca-Cola: mais do que uma logo sob um fundo vermelho, sua marca trabalha ativamente os ideais de felicidade, amor pela vida e liberdade.

Para esse resultado, a Coca usa comerciais, identidades visuais, textos, eventos, acessórios, promoções, etc.

Conceituando com a Pling

Como criar uma marca perpassa o entendimento do que ela realmente é, nós aqui da Pling nos reunimos e bolamos uma definição exclusiva pra você. Olha só:

Marca é a transmissão dos ideais da empresa e de uma mensagem específica. Essa transmissão se dá através do estabelecimento de uma identidade visual, padronização de mensagens sendo transmitidas, veículos de propagação e adequação dos esforços publicitários buscando o mesmo objetivo: sua transmissão fiel.

Marca versus logotipo

Mas para saber como criar uma marca, você precisa esquecer o logotipo. Esses dois conceitos são bem diferentes um do outro.

Marca, como a gente viu, é a expressão da ideologia que a sua empresa se insere. O logotipo é a representação visual dessa ideia. Assim, a logo faz parte da marca, mas sozinha não é exatamente uma marca.

Mesmo assim, a logo é a porta da frente da marca. A primeira coisa que o seu cliente irá ver, especialmente em negócios menores e escritórios independentes de arquitetura, é a sua logo. Então, ao se perguntar como criar uma marca, não se esqueça: a logo pode não ser a marca em si, mas é parte fundamental dela.

Como criar uma marca?

Mas e aí? Sua pergunta inicial era como criar uma marca, não era? Bom, a resposta está bem aí na sua frente. Criar uma marca é criar uma identidade que converse com os seus clientes e com o grande público, e protegê-la é não deixar interferências atrapalharem a mensagem.

Designer criando

Para que você entenda como conversar com seu público, é preciso entender tanto a ele quanto a você mesmo. Como eles te enxergam? O que eles precisam enxergar? Esse trabalho é o primeiro passo de como criar uma marca.

Com isso estabelecido, você estabelece a mensagem que quer transmitir. Eles são jovens? Então seja descontraído. São mais sérios? Seja formal. Com isso você identifica o tom de voz da marca, e quando identifica os desejos e os anseios do seu público, criar uma marca já fica fácil.

Entendendo os seus desejos

Como criar uma marca não é um trabalho feito para você, mas sim para outras pessoas, você deve entender o que eles querem, o que buscam, o que procuram. Isso tanto na vida como profissionalmente.

Uma vez que você entende isso, a marca já está quase pronta. É só pensar em uma ideia a ser transmitida que aplaque esses anseios e adequá-la a uma identidade visual que concorde com ela. O último passo para responder a pergunta final – como criar uma marca? – é o estabelecimento da identidade.

Estabelecendo uma identidade visual

A identidade visual diz respeito ao que distingue a marca visualmente. Seu logotipo é o carro chefe dessa etapa, mas também não é tudo.

paleta de cores

Quando você cria um logotipo, deve padronizar toda a sua comunicação para que haja a concordância visual. A logo, portanto, não é criada separadamente. É necessário criar um esquema de cores, padronizar fontes, se os desenhos vão ser retos ou curvos, etc.

A identidade visual é como a marca se mostra, e o logotipo é a maior expressão da marca. Então, se você estava se perguntando “como criar uma marca?”, saiba que só a logo não vai dar certo. Você precisa criar tudo, especialmente a identidade visual junto, para conseguir resultados coerentes.

Entendendo os seus clientes: um passo a passo

Já definimos que um importante passo para entender como criar uma marca é através do entendimento dos seus clientes. Para que os seus esforços de comunicação tenham resultados, você precisa pensar principalmente nos seus clientes.


Unsplash

Quem são eles? Onde eles estão? Como se comunicam? Tudo isso você descobre quando faz um bom trabalho de pesquisa. Mas por onde começar? Olha só esse passo a passo pra te ajudar nessa tarefa:

  • Você já tem clientes? – Converse com eles e pergunte sobre quem eles pensaram em contratar antes de você. Com essa informação à mão, você consegue entender quais marcas consolidadas chamam a atenção do seu público, e pode analisar a forma com que elas se comunicam.

  • Como seus clientes se comunicam? – Eles costumam falar em jargões técnicos? Seu tom de voz é mais formal ou informal? Eles são mais tradicionais e acreditam em valores mais conservadores? Tudo isso deve se refletir diretamente na sua marca, principalmente através da sua identidade corporativa e dos seus textos institucionais.

  • Quais são seus interesses gerais? – Entender o que o cliente gosta é um passo importante em como criar uma marca. Suas preferências pessoais mesmo, questões de estética e o que eles costumam achar “bonito”. Isso deve se refletir na sua identidade visual, nas cores que você utiliza e nos seus elementos.

Esse é o básico sobre como entender os clientes. Com essas informações, você já começa a entender como sua marca se posiciona em relação aos clientes. Mas ainda falta coisa, hein? Tudo isso que falamos aí em cima está no campo da teoria. Pra que a aplicação de como criar uma marca aconteça, você precisa adicionar o elemento secreto: o seu negócio.

O que você oferece versus como criar uma marca

Aqui é onde a prática de como criar uma marca realmente começa. Não adianta começar a desenvolver qualquer coisa se você não coloca na balança os seus pontos fortes e o que você oferece para a sociedade.


Unsplash

Em poucas palavras, criar uma marca é a transmissão sutil da sua proposta de valor.

Vamos pra um exemplo prático? Veja a Havaianas. Seu slogan é simples “Todo mundo usa. Recuse imitações”. A proposta de valor da Havaianas sempre se baseou no “bom e barato”, ou seja, todo mundo usava. Porém, com a ascensão do Brasil em termos econômicos, o barato passou a ser limitado. O que fazer?

É só aplicar mais um processo de branding ainda pensando no “todo mundo usa”. Se o produto era voltado principalmente para pessoas de baixa renda – só existiam três cores diferentes no mesmo preço – então não é todo mundo que está usando. Foram criados outros modelos com preços diferentes, garantindo que a classe média também usasse.

Agora todo mundo realmente usa Havaianas. E por causa do “recuse imitações”, toda vez que você vê um produto similar, imediatamente pensa no chinelo da gigante Alpargatas.

Você precisa aplicar o mesmo no seu negócio. Sua marca deve transmitir suas principais qualidades, o que você oferece de único para a sociedade. Se a sua marca não tiver a proposta de valor imbuída no seu significado, ela é vazia e não significa nada pra ninguém.

Sua marca deve expressar (sutilmente):

  • Qual é o seu produto;

  • Como ele é diferente da concorrência;

  • Como ele é adequado para o mercado;

  • Qual é o seu diferencial original;


Unsplash

Associação Semântica é mais fácil do que o nome faz parecer

Uma vez um aluno perguntou pro seu professor: “como criar uma marca?”. O professor, com calma, respondeu: “Você precisa, inicialmente, estabelecer um campo semântico criado através da associação. Assim, todo mundo vai lembrar de você quando ver essas palavras, e todo mundo vai apreciar o sentido dessas palavras quando as ver na sua comunicação”.

Será que o aluno entendeu? Olhando essa explicação de como criar uma marca, parece realmente muito complicado criar essas coisas de associação semântica, não é? Nem tanto. A semântica é o estudo do sentido das palavras. “Construir” tem um sentido que pode ser associado a “realizar”, “criar”, ou simplesmente “combinar materiais para ter um resultado diferente do que eles eram”.


Unsplash

Isso é semântica, a atribuição de sentido à palavras. Como criar uma marca está intimamente ligado ao fato de que você precisa dar sentido à ideias, a associação semântica nada mais é do que escolher as palavras que mais se ajustam ao que você está querendo transmitir.

Fácil, não é? Olhe só algumas palavras que funcionam muito bem ao criar uma marca para arquitetura:

  • Construir;

  • Criar;

  • Fazer;

  • Criatividade;

  • Inovação;

  • Estruturas;

  • Projetos;

  • Beleza;

  • Graça;

  • Simetria;

Dentre várias outras. Quando você estabelece um campo semântico – ou seja, palavras que expressam sentidos próximos ao que a sua marca se identifica e quer transmitir – você começa a criar a sua identidade e a mitologia por trás dos serviços que você oferece.

Essa mitologia é a marca. A marca é o que vai te fazer vender mais do que serviços, mas ideias.

E aí, entendeu como criar uma marca? Agora temos uma outra mensagem pra você!

Depois de fazer suas pesquisas de público, você vai precisar padronizar sua comunicação, sua identidade visual e elaborar uma logo. Não sabe como fazer? Deixa com a Pling! Nós criamos toda a parte visual para o seu negócio e ainda fazemos melhor: você só paga com tudo pronto.

Venha conhecer nosso site para saber mais!